Make your own free website on Tripod.com

                                                   


     
Argumentos que demonstram a existência de Deus

  
 

Princípio básico que demonstra a existência de Deus

Refutando os argumentos dos ateus

Surgimento da vida na Terra: Extraordinária seqüência de coincidências?

Corpo humano: fantástica obra de engenharia ou puro acaso?

A explicação mais lógica

 

 

Princípio básico que demonstra a existência de Deus     índice
         
 Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente!

Os ateus não foram, até hoje, capazes de oferecer sequer um EXEMPLO COMPROVADO de que é possível um efeito inteligente ter se originado sem uma causa inteligente. Citam, muitas vezes, a formação da vida no Planeta Terra. Porém, pergunto-lhes: Como provar que, atrás do surgimento e da evolução das formas de vida não há uma força inteligente? Até hoje não responderam...

E o que é um "efeito inteligente"? 
Eu definiria “Efeito Inteligente” como algo constituído de partes relacionadas entre si de forma lógica voltado para o atingimento de um objetivo definido, cuja complexidade demonstra a impossibilidade de ter sido criada “aleatoriamente”.

 Por exemplo, como um computador poderia “criar-se a si mesmo”, sem que alguém o fabricasse? Analogamente, o cérebro humano, milhões de vezes mais complexo do que um computador, jamais poderia ter-se desenvolvido sem uma inteligência criadora, assim como todos os seres vivos. O que dizer então de nossa "individualidade", de nossa "consciência", de nossa capacidade de raciocinar como um ser individual e consciente? Questão de lógica e coerência.

Outro bom exemplo são os parâmetros que estão sendo utilizados por cientistas que buscam, através dos sinais captados pelos radiotelescópios, encontrar vida inteligente fora do Planeta Terra.

Os sinais provenientes da radiação emitida pelas estrelas não apresentam nenhuma sequência lógica. Transformados em números, apresentam uma sequência totalmente aleatória. No entanto, se um dia forem captados sinais em uma sequência lógica, formando uma mensagem em uma linguagem inteligente, chegaremos à conclusão, inquestionável, de que tal mensagem foi emitida por um ser inteligente. Jamais poderia ter sido criada de forma aleatória.

Isto demonstra que "jamais poderia haver um efeito inteligente sem uma causa inteligente..."

Não temos ainda condições de saber detalhes a respeito da "essência" desta força criadora a quem chamamos "Deus". Apenas podemos demonstrar sua existência, observando seus efeitos...

 

Refutando os Argumentos dos ateus               índice

Relaciono abaixo os principais argumentos utilizados pelos ateus, para tentarem sustentar a inexistência de uma força criadora inteligente, a que chamamos de "Deus":

1. Não é possível ver Deus, então Ele não existe

          Ora, o fato de não vermos algo não significa que tal coisa não exista. Podemos citar como exemplo a força da gravidade, que não podemos ver, mas sabemos que ela existe, pois sentimos seus efeitos. Da mesma forma as ondas de rádio, que também não podemos ver, mas podemos captá-las. Os pensamentos também não são visíveis, porém sabemos que eles existem!

           Na verdade, podemos demonstrar a existência de algo pelos seus efeitos, e, como veremos mais adiante, há, na natureza, milhares de "efeitos inteligentes" que demonstram a existência de uma força criadora. Então este argumento ateísta não se sustenta

2. Ninguém consegue responder às perguntas "como Deus surgiu", ou "Quem criou Deus", então Ele não existe

            Mais um argumento falacioso. Quer dizer que, se encontrarmos um livro jogado na rua, um romance, com um enredo inteligente, uma linguagem coerente, porém, o nome do autor estiver apagado, então poderíamos concluir que o autor do livro "não existe"? que o livro "surgiu ao acaso"?  Somente porque não temos como saber o nome do autor? Ilógico! Então, seguindo a mesma linha de raciocínio, o fato de não sabermos "Quem criou Deus", não nos permite afirmar que Ele não existe.

3. Todo o universo surgiu "do nada", ao "acaso", tudo é caos no Universo, não há uma "força inteligente atrás da criação da vida"

            Como demonstraremos logo abaixo, tanto o surgimento da vida quanto o desenvolvimento e evolução do corpo humano é uma extraordinária e complexa obra de engenharia química, elétrica e genética! Então vemos que não existe no universo  "apenas o caos" como muitos ateus erroneamente afirmam, mas sim a aplicação de uma inteligência, com um propósito definido de evolução.
            Afirmar que toda esta espetacular engenharia  é obra do acaso e da coincidência, é uma tese extremamente frágil e desprovida de lógica. Em toda a sequência evolutiva,  percebe-se um efeito inteligente.

Surgimento da vida na Terra: Extraordinária seqüência de coincidências?
                                           índice

A mais moderna e aceita teoria científica para explicar o surgimento da vida na Terra foi proposta em 1922 pelo cientista russo Alexander Ivanovic Oparin. Há também novas pesquisas. Vejamos, de forma simplificada, o contexto geral

> A Terra ao se formar de poeira e gases interestelares há mais ou menos 4,6 bilhões de anos, no turbilhão que se formava, já continha os elementos que posteriormente seriam a base da vida. Ok, vamos supor que foi um acaso

> Se, como na grande maioria dos planetas, não houvesse surgido a água no Planeta Terra, consequentemente teria sido impossível o surgimento da vida. Mas temos água, e em abundância. Ok, apenas mais uma coincidência

> A vida se desenvolveu em torno de 4 bilhões de anos atrás nos oceanos primitivos do planeta. Presume-se que em reações das mais diversas, influenciadas pela luz ultravioleta do Sol, relâmpagos, etc, iniciaram as composições de moléculas bastante simples. Mais um acaso?

> Ao avançar do tempo, se iniciou um processo que levou aqueles fragmentos primitivos a se combinarem e recombinarem, o que gerou moléculas cada vez mais complexas. O que iniciou este processo? Coincidência?

> As proteínas, que eram formadas a partir dos primeiros aminoácidos quando dissolvidas nas águas dos oceanos, formaram uma camada organizada de moléculas de água. (coaservados). Talvez neste momento alguns coaservados tenham absorvido moléculas de ácidos nucleicos carregadas pelos rios até os mares, possibilitando que estes organismos se replicassem.  Mais uma coincidência?

> Novas evidências indicam que moléculas simples em presença de superfícies argilosas e água podem formar grandes moléculas. Talvez uma grande molécula de fosfatos e açúcares tenha adquirido a capacidade de se auto-replicar dando origem aos primeiros ácidos nucleicos (A ciência ainda não conseguiu realizar em laboratório a formação de ácidos nucleicos, a partir de açúcares e fosfatos em DNA e RNA) Ora, nem a ciência ainda conseguiu realizar tal feito. Como tal molécula conseguiu sozinha? Que bela coincidência...

> Segundo cientistas da Universidade do Arizona, o Fósforo existente em meteoritos que atingiram a superfície da Terra desempenhou um papel chave no aparecimento da vida há milhões de anos, pois o Fósforo é a "coluna vertebral" do DNA e liga as bases genéticas das moléculas. Mais uma extraordinária coincidência vinda agora do espaço?

> Através da  fotossíntese, as plantas clorofiladas utilizam a luz solar, o dióxido de carbono, a água e os minerais para liberar oxigênio e produzir alimentos, sem os quais a vida não seria possível na Terra. Outra coincidência?

Corpo humano: fantástica obra de engenharia ou puro acaso?    índice

> O corpo humano contém cerca de 3 trilhões de células, cada uma das quais contém 80.000 genes. Cada gene simplesmente corresponde a uma frase dizendo a cada célula como ela deve reunir os aminoácidos disponíveis, transformando-os em proteínas essenciais à estrutura e à vida do ser que os possui. É como se fosse um imenso programa de computador.

> Decifrar o código genético é saber ler através dos 80 mil genes que compõem o DNA humano. Uma tarefa que tem se demonstrado gigantesca e demorada, mesmo para os cientistas de nossa época, equipados com formidáveis computadores. Mas a célula, com sua intrínseca sabedoria, lê, entende e segue a mensagem do DNA. Coincidência?

Cada ser vivo que habita a Terra possui uma codificação diferente de instruções escritas  em seu DNA. No longo código genético de cada DNA, está implícita a programação de um ou mais caracteres hereditários como a cor dos olhos, da pele, dos cabelos e etc...Coincidência?

> Uma alteração no código sequencial, gerará uma mutação, que será copiada à geração seguinte. De mutação em mutação, ao longo do tempo, os seres foram se adaptando às mudanças ambientais, em busca da sobrevivência e da evolução. Coincidência?

> O fígado humano realiza 220 funções diferentes todas interligadas e co-relacionandas. A transformação de glicose em glicogênio, e seu armazenamento, se dá nas células hepáticas. Ligada a este processo, há a regulação e a organização de proteínas e gorduras em estruturas químicas utilizáveis pelo organismo. Tal complexidade desenvolveu-se sozinha?

> O ouvido humano capta sons, amplifica-os e finalmente os transforma em impulsos nervosos que por sua vez são transmitidos ao cérebro para serem decodificados. Acaso?

> O olho humano é composto por um sistema sensível às mudanças de luz, capaz de transformá-las em impulsos elétricos e enviá-los ao cérebro. O diâmetro da pupila varia, controlando a quantidade de luz que chega até a retina. O cristalino funciona como uma lente flexível e transparente, que serve para tornar as imagens nítidas. Sua elasticidade lhe permite mudar de forma para focalizar objetos situados a diferentes distâncias. As imagens captadas pelos olhos ficam de "ponta-cabeça",  mas existe um mecanismo que as inverte antes de enviar ao cérebro. Foi criado ao acaso?

> O Sistema Imunológico é extremamente sofisticado e possui células altamente organizadas como um exército. Cada tipo de célula age de acordo com sua função. Algumas são encarregadas de receber ou enviar mensagens de ataque, outras apresentam o “inimigo” ao exército do sistema imune, outras só atacam para matar, outras constroem substâncias que neutralizam os “inimigos” ou neutralizam substâncias liberadas pelos “inimigos”. Acaso?

> Dentro de nosso cérebro, uma gigantesca "galáxia" com centenas de milhões de pequenas células nervosas (os neurônios) comunicam-se umas com as outras através de pulsos eletroquímicos para produzir funções mentais e físicas, sem as quais não seria possível expressarmos toda a nossa riqueza interna e nem perceber o nosso mundo externo, como o som, cheiro, sabor, e luz. A nossa capacidade de memória é considerada muito superior ao mais sofisticado dos computadores.


A explicação mais lógica     índice

        Dê a um cientista o melhor laboratório do mundo, dotado da mais sofisticada tecnologia atual, e peça-lhe para criar uma célula, (criar, não clonar), a partir da matéria-prima básica, dotando esta célula de um núcleo que contenha um programa semelhante ao DNA, que, sozinho, fornecerá as instruções para que se auto-replique e venha a criar trilhões de outras, organizadas em órgãos com funções inteligentes, gerando um corpo humano perfeito, com rins, fígado, coração, cérebro. Tudo a partir de uma única minúscula célula.
        A ciência não tem, e provavelmente jamais terá tal tecnologia! Sequer para criar uma minúscula célula, sequer para criar um inseto, uma formiga.
        Isso demonstra que a criação da vida inteligente não é um processo banal, caótico e aleatório, como os ateus erroneamente apregoam.
        Agora vamos supor que um dia tivéssemos condições de "criar" seres a partir do "nada". Corpos perfeitamente funcionais, como o corpo humano. Como é que criaríamos um "ser pensante", com "conscinêcia própria" para habitar tal corpo? Impossível!
      Muito se fala em "inteligência artificial". Porém, sabemos que é completamente impossível que um dia seja desenvolvido um software que "pense por si mesmo e tenha sua própria consciência". Portanto, esta é uma demonstração da completa impossibilidade de seres pensantes e inteligentes terem surgido "do nada".
        Então como explicar o surgimento e o desenvolvimento de toda a complexidade dos seres vivos? Vejamos abaixo um trecho retirado do Livro "A Gênese", de Allan Kardec, que dá uma explicação perfeita a respeito:
 

"As obras ditas da Natureza são produzidas por forças materiais que atuam mecanicamente, em virtude das leis de atração e repulsão; as moléculas dos corpos inertes se agregam e desagregam sob o império dessas leis. As plantas e os animais nascem, crescem e se multiplicam sempre da mesma maneira, cada um na sua espécie, por efeito daquelas mesmas leis e se acham subordinados a causas materiais, tais como o calor, a eletricidade, a luz, a umidade, etc. O mesmo se dá com os planetas que se formam pela atração molecular e se movem perpetuamente em suas órbitas por efeito da gravitação. Essa regularidade mecânica no emprego das forças naturais não acusa a ação de qualquer inteligência livre.
        Tudo isso é verdade; mas, essas forças são efeitos que hão de ter uma causa. Elas são materiais e mecânicas; não são de si mesmas inteligentes, mas são postas em ação, distribuídas, apropriadas às necessidades de cada coisa por uma inteligência que não é a dos homens. A aplicação útil dessas forças é um efeito inteligente, que denota uma causa inteligente.
     Um pêndulo se move com automática regularidade e é nessa regularidade que lhe está o mérito. É toda material a força que o faz mover-se e nada tem de inteligente. Mas, que seria esse pêndulo, se uma inteligência não houvesse combinado, calculado, distribuído o emprego daquela força, para fazê-lo andar com precisão?

Do fato de não estar a inteligência no mecanismo do pêndulo e do de que ninguém a vê, seria racional deduzir-se que ela não existe?

A existência do relógio atesta a existência do relojoeiro; a engenhosidade do mecanismo lhe atesta a inteligência e o saber!"

Outro tanto ocorre com o mecanismo do Universo: Deus não se mostra, mas se revela pelas suas obras.