Make your own free website on Tripod.com

                                                   



O que acontece com as crianças que morrem novas? Seria justo elas irem para o  "céu" sem nada terem feito para merecer, enquanto milhões têm que enfrentar uma vida  inteira para conseguir tal benefício, correndo ainda o risco de perdê-lo?

 

 

Análise lógica
Comentários
A resposta lógica da Reencarnação

 

Análise lógica   índice
 

1. Poderia ser considerado justo um sistema que concedesse  um grande "privilégio" a uma minoria que nada fez para merecê-lo, enquanto a maioria, para terem direito ao mesmo "privilégio", teriam que sofrer uma vida inteira?
     Resposta: Não.
   
Premissa 1: Seria injusto um sistema que privilegiasse uma minoria, concedendo-lhes um privilégio que a maioria têm que sofrer a vida toda para conseguir.

2. Poderia Deus cometer injustiças?
    Resposta: Não. Se, como já vimos em outros tópicos, Deus é perfeito, conseqüentemente ele é justo. Então jamais cometeria injustiças
   
Premissa 2: Deus jamais cometeria injustiças

   
Conclusão: Se afirmarmos que Deus jamais cometeria uma injustiça, e também afirmarmos que seria injusto um Sistema que privilegiasse uma minoria, concedendo-lhes um privilégio imerecido, então chegamos à conclusão lógica de que seria injusto uma criança receber o grande Privilégio de ir para o "céu". Desta forma, sustentar tal tese é totalmente ilógico, pois tornaria Deus Injusto e imperfeito.. 

OBS:
Um argumento é considerado válido e consistente quando é impossível que as suas premissas sejam verdadeiras e a conclusão falsa.
Ver o tópico Noções básicas de lógica

  

Comentários   índice

     Para onde vão as crianças após a morte? Se houvesse  apenas uma vida e um dia o “Juízo Final”, certamente tal criança não poderia ser condenada ao inferno, pois não teve  tempo para “pecar”, sequer para discernir o que é certo e o que é errado. Portanto, só poderiam ir para o chamado “céu”!

      Se assim fosse, então seria mais uma INJUSTIÇA, pois elas receberiam tal benção SEM NADA TEREM FEITO para recebê-la, enquanto outras pessoas teriam que sofrer para conquistar, durante uma vida inteira, esse mesmo “direito”, que alguns conquistariam imerecidamente! Seria então uma grande sorte, aqueles que morressem bem novos. ILÓGICO e INJUSTO.

     Além disso, como seriam essas crianças no suposto "Céu"? Não evoluiriam? Ficariam sendo eternamente crianças? Incoerente.

       A maioria das religiões que não aceitam a reencarnação não conseguem oferecer uma resposta para a pergunta do presente tópico. Preferem "sair pela tangente" dizendo que é "um mistério de Deus". Conveniente, não? Porém, o fato é que a Reencarnação tem uma explicação coerente para esta pergunta!

    


 

 A resposta lógica da Reencarnação   índice

        Sob a ótica da Reencarnação, o fato de um espírito desencarnar ainda criança não impede que ele venha a reencarnar novamente, quantas vezes for necessário, até cumprir sua missão evolutiva neste planeta. Muitas vezes uma criança que desencarna nova é uma provação para os pais. Porém, o corpo que abrigava o espírito era o corpo de uma criança, mas o espírito é milenar e sua jornada não se limita apenas a uma vida.

       Por outro lado, o fato de desencarnar ainda criança em nada o coloca em vantagem com relação a outros que tem uma vida mais longa na matéria, pois cada um tem que percorrer seu próprio caminho, e cada um se encontra em um estágio diferente na evolução. Portanto, a Reencarnação nos oferece, mais uma vez, uma explicação Incomparavelmente MAIS COERENTE e isenta de contradições!.